Fale Conosco Agora!

Entenda a importância da Etiqueta PBE Edifica e como adquiri-la

De acordo com o Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica – Procel Brasil, o consumo de energia elétrica nas edificações residenciais e comerciais, de serviços e públicas, é bastante significativo, correspondendo a aproximadamente 50% do total da eletricidade consumida no país.  

Em contrapartida, o potencial de economia de energia desse setor também é expressivo, uma vez que edificações novas construídas de acordo com os padrões instituídos pela Etiquetagem PBE Edifica podem obter uma economia de até 50%, já as edificações existentes que sofrerem grandes reformas, uma economia de até 30%.

Ainda de acordo com o programa, cerca de 70% do consumo de energia elétrica nos prédios públicos se deve ao uso dos sistemas de iluminação e climatização dessas edificações.

Por essa razão, projetos de eficiência energética costumam atuar, em um primeiro momento, na substituição de equipamentos ineficientes e também na mudança de hábitos de seus usuários. 

Conhecendo a Etiqueta PBE Edifica

A etiqueta é o Selo de Conformidade que evidencia o atendimento aos requisitos de desempenho (e, em alguns casos, adicionalmente, também de segurança), estabelecidos em normas e regulamentos técnicos.

Dependendo do critério de desempenho avaliado, a etiqueta pode receber nomes diferentes. Quando a principal informação é a eficiência energética do produto ou da edificação, por exemplo, ela se chama Etiqueta Nacional de Conservação de Energia (ENCE).

A Etiqueta PBE Edifica faz parte do Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE) e foi desenvolvida em parceria entre o Inmetro e a Eletrobras/PROCEL Edifica.

As etiquetas podem ser obtidas para edificações comerciais, de serviços e públicas e edificações residenciais. 

Edificações Comerciais e de Serviços

Edificações comerciais e de serviços são caracterizadas por não possuir finalidade residencial ou industrial.

São considerados exemplos destas edificações: escolas privadas, edifícios para o tratamento de saúde de animais ou humanos, tais como hospitais, postos de saúde e clínicas privadas, vendas de mercadorias em geral, prestação de serviços, bancos privados; diversão; preparação e venda de alimentos, escritórios e edifícios empresariais, sedes de empresas ou indústrias, desde que não haja a atividade de produção nesta última e meios de hospedagem.

Edificações Públicas

Edificações públicas são imóveis construídos ou adaptados com recursos públicos para exercício de atividade administrativa ou para a prestação de serviços públicos, tais como prédios administrativos, escolas, hospitais, postos de saúde, clínicas, museus, instituições de pesquisa e outras instituições ou associações de diversos tipos.

A Etiquetagem de edifícios públicos possui particularidades em relação aos edifícios comerciais, de serviços e residenciais, além de ser a primeira a tornar-se obrigatória no âmbito nacional.

Por esta razão, a preparação do setor para as novidades que deverão ser contempladas no projeto e execução de uma obra é de suma importância.

Como obter a Etiqueta PBE Edifica

Para obter a Etiqueta PBE Edifica é necessário contatar um OIA – Organismo de Inspeção Acreditado. Os OIAs constituem-se de pessoas jurídicas, de direito público ou privado, cuja competência é reconhecida formalmente pela Cgcre – Coordenação Geral de Acreditação do Inmetro.

A acreditação de OIAs é realizada pela Divisão de Acreditação de Organismos de Certificação (Dicor/Inmetro), que realiza as atividades para reconhecer a competência técnica dos organismos de avaliação da conformidade que executam certificações de produtos, sistemas de gestão, pessoas, processos ou serviços, para isto, utiliza programas de acreditação, estabelecidos em Normas, cujos requisitos devem ser atendidos, plenamente, pelos solicitantes. Esta acreditação engloba as modalidades: produtos, pessoas e sistemas de gestão.

Para o PBE – Programa de Eficiência Energética em Edificações, o OIA é legalmente habilitado a emitir Etiquetas, segundo o seu escopo de acreditação.

Quanto custa uma etiqueta?

Para edificações comerciais, de serviços e públicas, os preços para obtenção de uma etiqueta podem variar de R$ 11.000,00 (onze mil reais) a R$ 22.000,00 (vinte e dois mil reais), em média*.  As estimativas de custos dependem do escopo pretendido, do tamanho e da complexidade da edificação, além do método escolhido (simulação ou prescritivo). Ainda devem ser estimados os custos de logísticas durante as inspeções de obra construída.

Estes valores médios correspondem a uma etiqueta (de projeto ou de edificação construída). Cada etapa pode ser realizada com OIAs diferentes, com orçamentos diferentes.

Por fim, vale ressaltar que estes valores são estimados. Entretanto, cada OIA apresentará seu orçamento conforme características da edificação e logística da avaliação de conformidade.

Bom, agora que você conheceu um pouco mais sobre Eficiência Energética e Etiquetagem de Edificações Comerciais, de Serviços e Públicas, que tal compartilhar para que mais pessoas possam conhecer e entender do assunto?

Na Barros Vaz, temos imóveis que buscam trazer mais facilidade ao dia a dia dos moradores, compreendendo e valorizando a função de cada cômodo com os elementos certos, proporcionando aconchego, harmonia e bem-estar.

Entre em contato conosco e agende uma visita em um dos empreendimentos administrados pela Barros Vaz.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
MAIS LIDOS

CADASTRE-SE

Receba mais notícias no seu e-mail

    INFORMAÇÕES

    (62) 9 8161 3087

    Avenida T-09, 2.310, sala 1106 -A, ed. Inove
    Jardim América, Goiânia - GO, 74255-220
    CNPJ: 12.076.010/0001-90

    REDES SOCIAIS