Fale Conosco Agora!

Arquitetura e economia circular na era dos espaços compartilhados

Atualmente, com objetivo de produzir projetos de edificações mais eficientes, funcionais e sustentáveis, a economia circular tem sido um modelo também aplicado no setor de arquitetura e construção

Compartilhamento de espaços: coworking, cohousing, coliving e co-lares 

O isolamento social mudou e está mudando completamente a forma de usar esse espaço, que agora é utilizado além dos serviços básicos, para praticar exercícios físicos, home office, lazer ou até mesmo servir de estúdio para fazer shows e apresentações artísticas.  

Dessa forma os projetos “co”, como coworking, coliving, cohousing e co-lares tendem ainda ser buscados e, talvez ganhando ainda mais espaço no futuro próximo.  

Do ponto de vista da economia circular  todos esses espaços têm em comum: 

  1. a redução da área construída utilizada pela pessoa, ou em outras palavras diminuição do consumo de materiais e dos impactos ambientais do ciclo de vida devido a construção da edificação;
  2. uma divisão das contas de energia, água, limpeza e etc que tende a ficar muito menos onerosa quando comparada ao modelo convencional de apartamentos ou escritórios; 
  3. normalmente esses espaços são projetados para serem adaptáveis e multifuncionais; 
  4. as edificações ou espaços passam a ser vistas como serviço e não como produtos; 
  5. benefícios sociais diretos e indiretos, como ajuda mútua entre os diferentes usuários (moradores ou trabalhadores da edificação, ou conjunto habitacional).  

Estratégias de projeto e especificação de materiais

Algumas estratégias são básicas e essenciais, como, por exemplo, pés-direitos altos, plantas livres, menor quantidade de pilares (que envolve o uso de estruturas mais leves, como lajes alveolares ou protendidas).

Além da concentração da parte técnica (elevadores, tubulação, etc.) em lugares específicos da edificação, uso de tubulações aparentes, forros e divisórias móveis e leves. 

Nesse cenário, materiais leves como a madeira, o bambu, o alumínio, o plástico, e em alguns casos, o papel/papelão tendem a ter sucesso nesse tipo de projeto. 

Gostou de entender um pouco mais sobre a arquitetura e a economia circular na era dos espaços compartilhados? 

Na Barros Vaz, temos imóveis que buscam trazer mais facilidade ao dia a dia dos moradores, compreendendo e valorizando a função de cada cômodo com os elementos certos, proporcionando aconchego, harmonia e bem-estar.

Clique aqui, entre em contato conosco e agende uma visita em um dos empreendimentos administrados por nós.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
MAIS LIDOS

CADASTRE-SE

Receba mais notícias no seu e-mail

    INFORMAÇÕES

    (62) 9 8161 3087

    Avenida T-09, 2.310, sala 1106 -A, ed. Inove
    Jardim América, Goiânia - GO, 74255-220
    CNPJ: 12.076.010/0001-90

    REDES SOCIAIS